Gírias do Fundo do Baú

Outro dia ouvi na rua uma pessoa, relativamente muito nova, soltar uma pérola: “Bregnaits”… Nossa!!! Há quanto tempo eu não ouvi essa gíria…

Parei para pensar em quantas gírias eu já vivi (ouvi e falei) e que se foram. Realmente me senti lisonjeado de estar sempre fazendo ‘updates’ para me manter no mesmo linguajar moderno (mesmo que ache estúpidos às vezes, mas ao menos interado para saber o que significam) que a ‘galera’ costuma falar.

Mas voltando ao ‘Bregnaits’, descobri que essa gíria era uma espécie de coringa das gírias (nem uma grafia correta ela tem: bregenights, bregnights) funcionava para tudo: “Vamos naquele Bregnaits”, “Viu aquele bregnaits?”, “Vou tomar um bregnaits”, “Quer comer um bregnaits?”… quanta criatividade!!

O efeito ‘Bregnaits’ me fez pensar em outras tantas gírias que já se perderam no fundo de velhos baús e que raramente alguém desenterra:

Dar uns malhos, dar uns ralos (que romântico) – beijar, ficar;

Breguetes – qualquer coisa (principalmente aquelas que lhe fugiam o nome na hora H);

Cocotinha, Pitchulinha – mulher bonita, gatinha;

Pão – homem bonito, gatinho;

Supimpa – (sem comentários);

Xuxuzinho – (sem comentários – parte 2);

Infinidade de pérolas como essas são criadas a cada geração e passam do modismo ao brega num piscar de olhos. As enxurradas de emails que recebemos relembrando décadas passadas entre produtos e imagens, às vezes esquecem das preciosas gírias  que costumavamos usar.almaque anos 80

Para ilustrar um pouco isso tudo, quem estiver a fim de se divertir a custos dessas e muitas outras peças do fundo do baú, basta juntar 4 ou 5 amigos ao redor de uma mesa em posse do Jogo do Almanaque dos Anos 80 e rir a valer!! Esse livro pode ser até encarado como um jogo, mas a grande diversão mesmo é mandar umas perguntas para a galera e rachar o bico com as insanidades que vão surgindo das respostas, performances, cantorias… para se ter idéia, dá para relembrar que a Nelsinha Brizola (alguém lembra dela?) inventou a palavra “mintchura” (mentira) que virou febre trocar o ‘T” por “TCH” na época… diversão mais do que garantida, com certeza!

Outra fonte de pérolas das gírias oitentista você encontra nas músicas de bandas de Rock Nacional da época, como a ‘Blitz’ por exemplo, que tinha suas letras sátiras e debochadas.

A único efeito colateral disso tudo é que provavelmente várias coisas podem ficar martelando sua cabeça por muito tempo… BREGNAITS… BREGNAITSSS… BRE-GE-NA-I-TSSSSSSS… e você ainda pode soltar uma dessas por ai (tirem essa palavra da minha cabeça pelo amor de Deus!!!).

E ai, alguém lembra mais de alguma pérola?

PS. Leiam os comentários que estão fantásticos e repletos de gírias sensacionais!!!

Anúncios

16 Comentários

Arquivado em Cotidiano, Cultural, Urbano

16 Respostas para “Gírias do Fundo do Baú

  1. Kleber

    barrrabás, hein!

    • DL

      Você esqueceu do “guinda”, hoje é a mesma coisa que “Sapão” (Fazer a mesma coisa que alguem esta fazendo, por inveja ou para mostrar que também tem capacidade). A gíria “bombeta” também é bem atiguinha (Boné).
      E então, já “ligou” do “proceder” “sangue bom”? Qualquer “fita” manda um “salve” no meu e-mail “firmeza” “mano” Kleber? Hehehe!
      Vlw!

  2. Dizas

    Aí Edu! Irado (!!) esse seu post!

    Acho q a gente percebe que vai ficando velho quando começa a não entender as gírias novas ou quando nos sentimos ridículos ao pronunciá-las…

    Acho que as piores gírias desse final de década (e eu devo ser velho por assim julgá-las) são: “presença”, “suave” e “o bagulho é a nave” (lê-se o bagúio é a nave)…

    Qto as dos anos 80/90, a gíria que mais me lembro é uma que os últimos a utilizarem (e portanto os últimos a perceberem a sua decadencia) foram os comerciais do Toddy: “RADICAL”!!

    Abraço

  3. Marcelo Rocha

    Hahahaha…muito legal…. tem uma giria que um amigo falou outro dia se referindo a um carro muito velho e todo arrebentado, soltando fumaça pra cacete do escape… “Chimbica véia” nossa… Chimbica fazia tempo que eu não ouvia!

    Abraço!

  4. Rose

    Vixi…que coisa hein!! “tamo véio pra xuxu”..kkkk E a tal… “mina”…”dá hora”…”dar mole”…rsrsrs
    É o “tempo passa…o tempo voa…e a poupança …continua numa boa”….kkkkk

    Abraços!!!!

  5. Sóó… rs

    Pô, achei o maior barato você botar prá quebrar no Blog sobre gírias antigas Edu, legal à beça.
    Podia até dar o maior bode porque alguns brotos quadrados não entendem bulhufas e até acham cafona.
    Mas tem também muito chato de galocha fora da patota que não entra na onda prá limpar a barra.
    Pode crer que se pintar alguma gíria xuxu beleza eu te mando sacou? he he
    bjão

  6. Na mesma linha do bregnaits estão “bagaça”, “breguete” e “bagulho”.
    Classe A esse post sobre gírias, brother!
    Mas cê tá ligado que tem uma pá de outras né?

    Beijos!

  7. Edu Lawless

    Pessoal, fantástico os comentários… textos repletos de gírias oitentistas!! Esse post ficou bem legal com a participação de vcs… parabéns para todos!
    Continuem comentando… ‘show de bola’!!!

  8. Telma

    Edu, adorei esta volta ao passado… Xuxu beleza, falou ?

  9. Hellen Lopes

    No mundo de hoje em que só se fala “meooo”, “mano”…olha que eu sou nova..com apenas 20 anos e ainda me lembro de quando as pessoas falavam “browww”, “tio”, “fera”. Se tornou algo muito comum falar meooo, só não faz parte do Hino Nacional…mas já está na boca do povo…

    Antigamente: Vamos até uma discoteca??
    Hoje: E aeeeeeeee meeooooooo vamos encostar numa balada ??

    O tempo vai passar e nós vamos rir dessas, de outras e outras ainda mais antigas que são supimpas….rsrs

  10. Luciano Itapevi

    Edu,você é um “cara” bem legal,vive antenado com o mundo e tem um humor inteligente que muito nos diverte.Continue escrevendo para tornar nosso dia à dia mais leve.
    Um abraço.

  11. esse vocabularios são pregas mais são usados pelasa pessoa mais antiga

  12. sueli

    Supinpa a sua ideia morÔ tche, só que quebrou a rebimboca da parafuzeta morA ?? Que barra .
    bjs da sogra.

  13. rafaela freitas

    sei apenas aulguma coisa sobre giria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s